Como usar aniversários para vender mais no varejo de alimentação

se-nao-der-para-medir-nao-faca

Para o pequeno e médio varejo uma informação importante é o histórico de compras que um cliente já realizou. Afinal o empreendedor deverá enxergar um cliente que poderá comprar com ele por anos e não apenas mais uma compra.

Com o tempo o empreendedor, que muitas vezes está no caixa ou até mesmo atrás do balcão vai aprendendo sobre os hábitos de consumo de clientes que com frequência compram produtos na loja dele.

Em pequenos bares, restaurantes, mercearias e padarias, é muito comum ainda existir a caderneta ou ficha de anotações sobre as compras que são feitas e que serão acertadas no próximo mês ou na pior das hipóteses quando o cliente quiser. No varejo de bairro, é uma relação da mais pura confiança e a prática do fiado tende a cair por terra quando a freguesia deixa de pagar a conta ou o dono do estabelecimento introduz o cartão de crédito.

A tecnologia vem atropelando com um mundo de benefícios e promessas a partir de pequenas taxas e grandes investimentos para o bolso deste micro varejista que por estar cansado do calote ou não ter mais tempo para realizar os mil e um papéis de um micro empresário, decide investir no sistema de caixa ou sistema de vendas.

Recebe o treinamento da empresa que comercializa o software, produz as fichas de consumo, cadastra todos os produtos que tem na loja – o que consome tempo e paciência. No sistema tem um módulo de cadastro de clientes que quase nunca é utilizado e que é muito conhecido como convênio, que substitui a antiga caderneta do famoso fiado.

Nele tem a descrição de tudo o que o cliente cadastrado consumiu. Pode-se até gerar relatórios simples de consumo por períodos específicos.

Ótimo! O que fazer com esta informação…

A resposta do que acontece com mais de 78% do micro varejo é: nada.

Nada é feito porque não dá tempo e há coisas mais urgentes para serem feitas. Não dá nem para imaginar dedicar um funcionário para ficar traçando perfil de consumo de clientes para direcionar melhor compra do mix de produtos da loja e até mesmo layout de loja.

Bom. Minha sugestão é para você utilizar 3 informações básicas dos seus clientes: nome, e-mail e data de aniversário. Preparei um roteiro simples que segue abaixo:

Saiba como vender mais usando datas de aniversário no varejo de alimentação

1. Separe a listagem de aniversariantes do mês seguinte ao mês que você está. Faça isso por volta do 15º dia do mês. Se estiver em março, separe a lista de aniversariantes de abril. Você deve ter como exportar isso para o excel ou gerar algum tipo de relatório. Peça ajuda para quem lhe vendeu o sistema e lhe deu o treinamento inicial. Esta lista deverá conter nome e sobrenome, e-mail e dia de aniversário.

2. Prepare um Kit festa utilizando produtos que ajudarão o cliente a comemorar o aniversário dele e que você vende na sua mercearia, padaria, quitanda, confeitaria ou qualquer outro tipo de varejo de alimentação. Providencie fotos deste kit. Foto vende 86% mais do que texto. Tirei este dado das estatísticas dos meus clientes através do Google Analytics.

3. Prepare um e-mail com a foto do kit festa e liste todos os itens. Dê um desconto especial para o aniversariante que encomendar o kit festa como você montou. Você poderá até criar mais 1 ou 2 tipos diferentes e com preços diferentes. Inclua a entrega para o cliente no dia da festa em horário marcado.

4. Envie este e-mail para todos os aniversariantes do mês antes dele começar. Como disse, se estiver em março, procure enviar entre 15 e 31 de março para todos os aniversariantes de abril. O ideal é você contratar ferramentas profissionais de envio onde irá gastar algo como R$ 75,00 entre taxa de adesão e envio para até 10.000 e-mails. Depois que pagou a taxa de adesão o valor deverá ficar entre R$ 50,00 para até 10.000 envios.

Eu já realizei campanhas de e-mail marketing para clientes e ofereci o envio como cortesia pois o cliente havia fechado um pacote interessante incluindo layout com fotos, envio e avaliação de resultados – coisas que são importantes de você fazer para que sua campanha tenha o melhor retorno possível.

Se não puder contratar o envio profissional, para evitar ser considerado um spamer e ter suas mensagens bloqueadas, procure enviar um e-mail por vez. Por isso, sugiro que separe um período por dia entre o dia 15 e o dia 30 do mês anterior ao dos aniversariantes e envie quantidades pequenas por dia.

5. Prepare um e-mail de feliz aniversário e agende o envio para o dia exato de cada aniversariante. Você pode fazer isso nas ferramentas profissionais de e-mail marketing como o Locamail da Locaweb. Porém lembre-se de agendar para ser enviado na primeira hora do dia para que o cliente receba a mensagem e também recorde-se do kit festa caso ainda não tenha encomendado para você.

Se o cliente não comprar, no mínimo ficará com uma boa impressão por você ter lembrado de lhe desejar feliz aniversário.

6. Chegou a hora de medir os resultados. Se você utilizou ferramentas profissionais de e-mail marketing, conseguirá medir facilmente quem exatamente viu sua mensagem e poderá até mesmo ligar antes da data de aniversário para saber se o cliente gostaria de encomendar o Kit festa. Se você não usou, terá que esperar alguém ligar para saber qual é o resultado e como hoje a tecnologia se tornou muito mais simples e acessível, tenha certeza que se você não fizer, há uma grande possibilidade do seu concorrente ter feito.

Se você precisa de resultados diferentes é hora de agir de forma diferente. Isso não significa que você precisa de grandes investimentos. Precisa mesmo é ter criatividade e acima de tudo QUERER FAZER.

Tá esperando o quê? Agiliza!! Enquanto você fica parado pensando no que pode dar errado tem gente que já começou a fazer para entender o que pode dar certo.

Ah!, … meu aniversário é no dia 16 de junho.

Perguntas, Respostas e Comentários